Bolachas saudáveis de aveia, abóbora e canela com pedaços de chocolate

Como devem ter reparado, as publicações no blog estão a tornar-se mais espaçadas. Isso deve-se ao facto de os meus interesses serem extremamente cíclicos (sendo que, neste momento, estou obcecada com o Radiant Historia), mas também ao cansaço físico e mental que se tem feito sentir para estes lados. A vida não está fácil para ninguém, não é? De qualquer maneira, com maior ou menor periodicidade, e (quase) independentemente dos sinais vitais da dona, o Polifagia Nervosa está vivo, e bem vivo: tenho dezenas de receitas deliciosas reservadas para partilhar, portanto, mesmo que nunca mais cozinhasse na vida, uma quantidade muito generosa de posts ainda estaria garantida enquanto eu respirasse!

O que vos trago hoje é a minha nova obsessão (para lanches, sobremesas, só porque sim…), inspirada numa receita fantástica da Katie do Chocolate Covered Katie, um pouco modificada por mim: bolachas de abóbora e chocolate com base de aveia, um prazer muito pouco culpado, perfeito para o frio que se começa a fazer sentir, com todo o sabor da abóbora e da canela e o valor ridículo de 59 calorias por bolacha — o mesmo que qualquer bolacha de pequeno-almoço de venda, e incomparavelmente mais delicioso! Desde que as descobri (o que não foi assim há tanto tempo, já que a Katie publicou a receita há sensivelmente um mês, no inaugurar da época da abóbora), estas tentações do Diabo — densas e cheias de sabor, com o toque especialmente artesanal do chocolate grosseiramente picado — já foram feitas variadíssimas vezes: tanto enquanto desculpa para abrir frascos de puré de abóbora, como enquanto forma de os terminar (para baixo, todos os santos ajudam). E, se eu fiquei tão apanhada, quem são vocês para se safarem, não é verdade?

Nota: A imagem neste post é de uma versão das bolachas feita com pepitas de chocolate, em vez do chocolate culinário grosseiramente picado que indico no texto. Prefiro fortemente a segunda hipótese, pelo que a recomendo, apesar da fotografia!

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 10 min (preparação) + 10 min (forno).
  • Dificuldade: Muito baixa.
  • Porções: ~16 bolachas.
  • Calorias (total): 948 kcal.
  • Calorias (1 bolacha): 59 kcal.

Ler o resto da receita >

Anúncios

Muffins integrais de maçã e canela com crumble de aveia

Como tenho a certeza de que já mencionei aqui no blog pelo menos meia dúzia de vezes (ou duas, ou dez, que esta memória já teve melhores dias), até há relativamente pouco tempo, a única pessoa que usava a nossa cozinha era mesmo o meu colega de casa, que todos os dias prepara refeições deliciosas para nós. (Não, não é o meu namorado, “e eu é que tenho vergonha de admitir”. Não, também não é o “marido da doutora”, como uma senhora adorável indagou à entrada do prédio, no outro dia. É mesmo só um amigo, e a pessoa com quem eu coabito. O namorado existe, de facto, mas tenho quase a certeza de que tem outra cara — e garanto que não tenho qualquer vergonha dele!)

Este meu talentoso parceiro de habitação tem muito poucos contactos na área de Lisboa, visto que foi apenas uma oferta de emprego que o trouxe para sul — o que, pensei eu lá para Setembro, potencialmente tornaria o seu aniversário, no mês seguinte, um bocado tristonho. Para alegrar um pouco a ocasião (ou o estômago, que é a mesma coisa, porque o estômago é tudo), ocorreu-me, na madrugada desse feliz dia Balança, preparar qualquer coisa doce que ele pudesse, inclusive, levar para o trabalho: e foi assim que, às quatro da manhã de um dia incógnito de Outubro, dei por mim na cozinha, a seguir à risca (…OK, confesso, a cortar no açúcar e a substituir o óleo por manteiga magra…) uma receita deliciosa de muffins de maçã com crumble de aveia do livro da Joana Macieira — no maior silêncio possível.

O que aconteceu no dia seguinte foi algo que, bem vistas as coisas, não sei se é de rir ou chorar. O meu bem intencionado companheiro levou o conjunto de queques para o local de trabalho, de facto — até aí, tudo bem. No entanto, não se adiantou nem se precaveu… e acabou por não sobrar nada para ele, a não ser pedidos desesperados de partilha da receita. Como pessoa adiantada e precavida que eu sou, claro que tinha um extra em casa (reservado, já agora, para o namorado — o verdadeiro!); após conversa muito breve com o dono originalmente pretendido, o exemplar foi carinhosamente concedido a quem de direito, e lá se salvou o inusitado dia.

A opinião sobre estes muffins deliciosos, altos e fofos, com cobertura estaladiça, foi unânime: os melhores que já fiz (isto vai sendo dito, eu sei: mas hey, pelas leis da lógica, a vez mais recente é sempre a mais válida). O aniversariante, após a merecida e adiada prova, disse que esta era, finalmente, uma receita a que nada podia ser apontado. As calorias, uma coisa insignificante — 128 sem o crumble, 167 com. Chega para vos fazer mexer?

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 30 min (preparação) + 20 min (forno).
  • Dificuldade: Média-baixa.
  • Porções: 9 muffins.
  • Calorias (total): 1150 (sem crumble); 1500 kcal (com crumble).
  • Calorias (1 muffin): 128 kcal (sem crumble); 167 kcal (com crumble).

Ler o resto da receita >

Bolachas saudáveis de aveia e manteiga de amendoim com sementes

Por aqui, meus amigos, isto anda o Kosovo (a Síria?). O ritmo do trabalho, já de si acelerado, tem atingido níveis desafiantes para a sanidade, e o acumular das funções assistenciais (leia-se: o tempo no horário de um médico destinado a consultas) com as actividades de formação começa a espelhar o tempo que se tem feito sentir nesta bela linha de Cascais: ora chuvoso, ora demasiado quente; ora cinzento, ora cegante; por vezes, como o humor de uma mulher em certas alturas do mês, tudo ao mesmo tempo. Uma coisa é certa: tanto na roupa do dia-a-dia como no couro de resistência profissional, já não sei muito bem para onde me virar.

E, quando assim é — leia-se, quando o desespero bate à porta —, pouco mais há a fazer, digo eu, do que… bom, ligar o forno e cozer umas belas bolachas. Perfeitas tanto como snack nocturno culpado como para um lanche nutritivo, versáteis até dar com um pau, e, geralmente, estupidamente rápidas e fáceis de fazer, as bolachas são, de facto, uma ideia genial, e uma dádiva dos céus: especialmente, se se tiver à mão os ingredientes certos. Estas que hoje vos trago são uma receita original de yours truly — ou, melhor dizendo, o resultado das minhas violações sucessivas de uma outra que sigo já há muito tempo, do fantástico Sally’s Baking Addiction. A verdade é que, tal como aqui os apresento, estes pedaços de mau caminho estão tão longe da formulação primária que podem, de facto, ser considerados criação minha: o que os torna no primeiro exemplar do género a aparecer aqui, portanto, yay! (Disclaimer: Bolachas são a coisa mais fácil do mundo de inventar, portanto, o crédito disto é muito relativo. Até pode já haver por aí uma receita praticamente igual a esta — quem sabe? Quem quer saber? Deixem-me viver a minha felicidade em paz!!!)

Estas bolachas contam com as doses generosas de manteiga de amendoim e mel para ganhar coesão, e com os pedaços de amendoim, as sementes de linhaça e os dois tipos de aveia para ficarem deliciosamente crocantes. Quando as colocarem no tabuleiro, podem não vos parecer muito unidas: não se preocupem, porque, no final da cozedura, verão que os vossos medos são infundados. Se as deixarem umas horas no frigorífico antes de consumir, então, ficarão surpreendidos com o quão firmes ficam, e com a riqueza dos sabores e da textura! Além disso, e apesar de uma bolacha equivaler a ~120 calorias, este é um valor nutricionalmente rico, sem açúcares refinados, praticamente vazio de “gorduras más”, e até — é verdade — sem farinha! Tudo isto às vossas mãos em 20 míseros minutos, sem segredos ou magia.

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 10 min (preparação) + 10 min (forno).
  • Dificuldade: Muito baixa.
  • Porções: ~10 bolachas.
  • Calorias (total): 1214 kcal.
  • Calorias (1 bolacha): 121 kcal.

Ler o resto da receita >

Quadrados saudáveis de aveia, banana e manteiga de amendoim

Se pudesse casar com um ingrediente, ele seria, provavelmente, a manteiga de amendoim. Com pedaços, claro. Isto pode não ser óbvio, pelo conteúdo dos meus posts até agora — mas, na verdade, se não faço mais receitas com manteiga de amendoim, é mesmo porque evito comprá-la, já que, nas minhas mãos, um boião inteiro não sobrevive mais do que uns míseros dias: e, como todos sabemos, as tentativas de ser “saudável” (erm) ressentem-se destas coisas.

Com isto dito, a manteiga de amendoim, também conhecida por Creme Divino dos Céus, não tem, necessariamente, de ser pouco saudável — na verdade, consumida em moderação, e pelo seu conteúdo rico em proteína, pobre em gorduras saturadas e nulo em colesterol, é um alimento infinitamente preferível à manteiga tradicional, e até à margarina. Resumindo: se abusarmos dela, certamente não iremos para magros, mas há muitas coisas nos hábitos alimentares portugueses que nos matariam bem mais depressa de ataque cardíaco.

O que, contas feitas (quanta inspiração, António Costa), me parece bem.

É por tudo isto que, apesar de estas barrinhas (adaptadas de uma receita do meu actual blog culinário preferido, Sally’s Baking Addiction) conterem manteiga de amendoim, as considero e tratarei como saudáveis: afinal de contas, não possuem qualquer outra gordura na sua constituição, o (pouco) açúcar utilizado é amarelo, e a sua base é a aveia, um outro alimento com que facilmente constituiria família. As pepitas de chocolate negro são opcionais — mas, na minha opinião, fornecem um toque precioso, a custo baixo para a saúde.

Resultado final: um snack de pequeno-almoço ou lanche pobre em calorias (dois quadrados têm entre 140 e 160 kcal, dependendo da adição ou não do chocolate) — e absurdamente, ridiculamente, estupidamente e outros-advérbios-de-modo-mente delicioso! Não, a sério: eu acho que nunca mais vou comer outra coisa a meio da manhã. Ou da tarde. Ou ao chegar a casa. Ou ao dormir.

Ah, e mencionei que demoram sensivelmente dois segundos e meio a preparar? Com esta, nem preciso de pensar: vai direitinha para a lista de receitas preferidas.

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 15 min (preparação) + 20 min (forno).
  • Dificuldade: Muito baixa.
  • Porções: ~24 quadrados de 5×5 cm.
  • Calorias (total): 1975 kcal (com chocolate); 1720 kcal (sem chocolate).
  • Calorias (1 quadrado): 82 kcal (com chocolate); 72 kcal (sem chocolate).

Ler o resto da receita >

Panquecas saudáveis de aveia

Nestes últimos dias, como é do conhecimento nacional geral, o norte de Portugal tem sido invadido por toda a espécie de tempestades. Na casa dos meus pais, onde me encontro a não fazer nenhum, porque também mereço passar uns dias, a chuva persistente tem sido o convite perfeito à permanência dentro de portas: e, claro, à confecção e consumo de todo o tipo de delícias, cada vez mais outonais (já mencionei que gosto mesmo, mesmo muito desta estação que se aproxima?).

Uma coisa simples que adoro, e que raramente encontro bem feita, são panquecas: as tradicionais americanas, sem nada de mais. O meu primo de 10 anos, que já mencionei antes, apesar de não ser particularmente guloso, também é especial adepto desta iguaria tão versátil; e, por isso, quando venho para estes lados, costumo fazer uma dezena para a família. Apesar de estar bastante satisfeita com a receita que geralmente uso, desta vez, para variar, decidi experimentar uma variação com aveia — que, como tenho vindo a dizer, é uma obsessão alimentar minha — da Joana, do blog Palavras que Enchem a Barriga (devem recordar-se dela, mencionei-a ontem; é graças a ela que, agora, os meus muffins são, tipo, perfeitos).

Mas adiante! Efectuei apenas ligeiríssimas alterações à receita; nomeadamente, o facto de ter usado a aveia em flocos finos, e não em farinha. De qualquer das maneiras, o resultado foi delicioso! As panquecas ficaram tão boas que, só de cheirar, davam vontade de comer sem nada: embora, pessoalmente, tenha optado por uma colher de chá do meu amigo mel, que condiz muito bem com este tipo de coisa. Já o meu primo optou por Nutella: e também não deve ter ficado desiludido, porque as panquecas desapareceram num instante…

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 5-10 min (preparação) + 10 min (fritura).
  • Dificuldade: Baixa.
  • Porções: ~10 panquecas médias.
  • Calorias (total): 1310kcal.
  • Calorias (1 panqueca): 131 kcal.

Ler o resto da receita >