Leite creme

Esta receita já anda aqui às voltas para ser partilhada quase desde que o blog existe, mas as novidades que experimento vão-se sobrepondo, e… enfim. A minha história com o leite creme é engraçada. Desde criança, sempre foi uma daquelas sobremesas de que, pura e simplesmente, não gostava: e isso era tão verdade que, desde que me lembro, nem sequer lhe tocava. Entretanto, a minha mãe, que faz uma sobremesa na qual usa um creme muito parecido com leite creme — e que eu adoro —, começou a questionar a legitimidade deste meu (não-)gosto, mas eu nunca me deixei convencer.

No Natal passado, em 2014, uma tia minha fez um monte de taças de leite creme para o jantar de Consoada. Como não havia muitas alternativas doces, acabei por experimentar uma: e qual não foi o meu espanto quando percebi que adorava o sabor! Apesar de tudo, não interiorizei logo que, afinal, leite creme era uma boa opção de sobremesa para mim; só quando o meu namorado, que é muito fã deste doce com canela, começou a pedi-lo com frequência quando estávamos juntos, é que a rotina se estendeu a mim também. Por ele e por vários membros da minha família, que também lhe são muito parciais, decidi, então, aprender a fazer leite creme.

Infelizmente, a primeira receita que experimentei não era nada de especial, e desencorajou-me. O meu objectivo, como sempre, era conseguir uma sobremesa o mais magra possível mas com todo o sabor, e essa adaptação não pareceu funcionar nada bem na minha primeira tentativa. Depois disso, procurei várias outras formulações, mas todas me pareciam pecar de uma ou outra maneira: até que me lembrei que a minha tia (não a mesma mencionada acima), do blog Comida de Conforto, tinha uma receita de leite creme! Não sei com quem ela aprendeu, mas cheira-me que possa ter sido com a minha avó… o que só torna tudo muito melhor.

A receita não me desiludiu. Mesmo com bastante menos açúcar e a utilizar leite magro, o que resultou em apenas 150 calorias por taça, o sabor e a cremosidade saíram fantásticos: todos os que provaram este leite creme acharam que estava ao nível dos melhores que já tinham comido — o que, em minha casa, é dizer muito. E eu, apesar de fã recente, posso dizer o mesmo! Ah, e garanto que não sentirão falta do açúcar: as minhas taças estavam docinhas, docinhas, docinhas, sem exagero!

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 20 min.
  • Dificuldade: Baixa.
  • Porções: 10 doses.
  • Calorias (total): 1500 kcal.
  • Calorias (1 dose): 150 kcal.

INGREDIENTES

  • 1L de leite magro;
  • 6 gemas de ovo;
  • 60g de farinha de trigo sem fermento;
  • 150g de açúcar branco;
  • 1 casca de limão;
  • 1 pau de canela;
  • Canela em pó q.b. (opcional).

PREPARAÇÃO

  1. Num tacho, colocar 900mL de leite e levar ao lume com a casca de limão e o pau de canela.
  2. Num recipiente à parte, envolver bem a farinha com o açúcar; num outro, mexer as gemas com um garfo, sem bater, e acrescentar os 100mL restantes de leite. Reservar ambos.
  3. Quando o leite levantar fervura, juntar aos poucos a mistura de farinha e açúcar e mexer sem parar até começar a engrossar. Nessa altura, retirar (logo, para não talhar!) do lume e acrescentar a fio a mistura de gemas e leite, continuando sempre a mexer. Levar novamente ao lume apenas mais 2 min, para as gemas cozinharem um pouco.
  4. Verter em taças individuais ou numa travessa e deixar arrefecer até criar película. Servir tal como está ou polvilhado com canela em pó.

Diz-se que os gostos mudam inexplicavelmente, e é bem verdade. No meu caso com o leite creme, ainda bem que fui a tempo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s