Bolachas saudáveis de aveia e manteiga de amendoim com sementes

Por aqui, meus amigos, isto anda o Kosovo (a Síria?). O ritmo do trabalho, já de si acelerado, tem atingido níveis desafiantes para a sanidade, e o acumular das funções assistenciais (leia-se: o tempo no horário de um médico destinado a consultas) com as actividades de formação começa a espelhar o tempo que se tem feito sentir nesta bela linha de Cascais: ora chuvoso, ora demasiado quente; ora cinzento, ora cegante; por vezes, como o humor de uma mulher em certas alturas do mês, tudo ao mesmo tempo. Uma coisa é certa: tanto na roupa do dia-a-dia como no couro de resistência profissional, já não sei muito bem para onde me virar.

E, quando assim é — leia-se, quando o desespero bate à porta —, pouco mais há a fazer, digo eu, do que… bom, ligar o forno e cozer umas belas bolachas. Perfeitas tanto como snack nocturno culpado como para um lanche nutritivo, versáteis até dar com um pau, e, geralmente, estupidamente rápidas e fáceis de fazer, as bolachas são, de facto, uma ideia genial, e uma dádiva dos céus: especialmente, se se tiver à mão os ingredientes certos. Estas que hoje vos trago são uma receita original de yours truly — ou, melhor dizendo, o resultado das minhas violações sucessivas de uma outra que sigo já há muito tempo, do fantástico Sally’s Baking Addiction. A verdade é que, tal como aqui os apresento, estes pedaços de mau caminho estão tão longe da formulação primária que podem, de facto, ser considerados criação minha: o que os torna no primeiro exemplar do género a aparecer aqui, portanto, yay! (Disclaimer: Bolachas são a coisa mais fácil do mundo de inventar, portanto, o crédito disto é muito relativo. Até pode já haver por aí uma receita praticamente igual a esta — quem sabe? Quem quer saber? Deixem-me viver a minha felicidade em paz!!!)

Estas bolachas contam com as doses generosas de manteiga de amendoim e mel para ganhar coesão, e com os pedaços de amendoim, as sementes de linhaça e os dois tipos de aveia para ficarem deliciosamente crocantes. Quando as colocarem no tabuleiro, podem não vos parecer muito unidas: não se preocupem, porque, no final da cozedura, verão que os vossos medos são infundados. Se as deixarem umas horas no frigorífico antes de consumir, então, ficarão surpreendidos com o quão firmes ficam, e com a riqueza dos sabores e da textura! Além disso, e apesar de uma bolacha equivaler a ~120 calorias, este é um valor nutricionalmente rico, sem açúcares refinados, praticamente vazio de “gorduras más”, e até — é verdade — sem farinha! Tudo isto às vossas mãos em 20 míseros minutos, sem segredos ou magia.

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 10 min (preparação) + 10 min (forno).
  • Dificuldade: Muito baixa.
  • Porções: ~10 bolachas.
  • Calorias (total): 1214 kcal.
  • Calorias (1 bolacha): 121 kcal.

INGREDIENTES

  • 45g de aveia em flocos grossos;
  • 45g de aveia em flocos finos;
  • 10g de sementes de linhaça;
  • 1/2 colher de chá de canela em pó;
  • 1/4 colher de chá de sal fino;
  • 100g de manteiga de amendoim com pedaços;
  • 50g de mel;
  • 1/2 colher de chá de essência de baunilha;
  • 10g de pepitas de chocolate negro.

PREPARAÇÃO

  1. Forrar um tabuleiro de ir ao forno com papel de alumínio. Pré-aquecer o forno a 165°.
  2. Num recipiente, misturar os dois tipos de flocos de aveia, as sementes de linhaça, a canela e o sal, e homogeneizar. Acrescentar à vez o mel, a manteiga de amendoim amolecida no microondas e a essência de baunilha, mexendo bem com uma colher de pau entre cada adição, até formar uma bola firme de massa. Manualmente, envolver as pepitas de chocolate na massa, tentando que fiquem bem distribuídas.
  3. Com as mãos, fazer cerca de 10 bolinhas com a massa, colocá-las no tabuleiro e achatá-las, ajustando até obter o formato e altura pretendidos para as bolachas. (A massa estará pegajosa; se necessário, refrigerar durante umas horas antes de moldar.)
  4. Levar ao forno durante 10 min. Retirar e deixar arrefecer pelo menos 10 min antes de consumir. De preferência, conservar no frigorífico.

Se quiserem, podem sempre deixar as pepitas de chocolate de fora (se bem que uma quantidade tão pequena…), usar outros tipos de sementes, ou optar apenas por um tipo de flocos de aveia: o mundo é a vossa ostra. Dêem largas à imaginação, e partilhem os vossos resultados!

Anúncios

6 thoughts on “Bolachas saudáveis de aveia e manteiga de amendoim com sementes

    1. Ora essa, obrigada eu pela sua mensagem! Que bom que tenha experimentado e gostado. :) Com as bolachas podemos sempre conceder-nos a liberdade de inventar um pouco, o que é óptimo. Continue a visitar e vá dando seu feedback, eu adoro saber!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s