Couscous com legumes salteados

Infelizmente, só conheci este prato árabe um pouco tarde na vida, há uns três anos, e comecei a consumi-lo com regularidade apenas recentemente: inicialmente, durante uma viagem a Londres, em Maio; no regresso, nas várias novas preparações da Go Natural, que — e garanto que ninguém me paga para dizer nada —, ainda é uma loja de restauração “rápida” altamente subestimada. (Talvez Portugal só ainda não esteja pronto para este tipo de alimentação — leia-se, (mais) saudável. Se bem que, ultimamente, isto até parece estar mais encaminhado… tudo a seu tempo.)

Adiante: por essa altura, quando comecei a desenvolver um gosto especial por esta… erm, segundo a Wikipédia, “sêmola de cereais“, falei disso ao meu mui leal e altamente culinário colega de casa, que prontamente comprou um pequeno saco de grão grande, para eventualmente experimentar. No entanto, até à sua ida de férias, isso não chegou a acontecer: pelo que acabei por ser eu, há umas semanas, a testar a feitura da iguaria pela primeira vez na nossa casa. Como nunca tinha cozinhado couscous, procurei formas de preparação na internet, e acabei por me deparar com esta receita básica da Milaneza, que, como quase-vegetariana de gostos que já confessei ser, me pareceu ser precisamente o tipo de coisa que me cairia mesmo bem. Não fiz tudo exactamente da mesma maneira, até porque o meu couscous era de grão maior, e a ideia de polvilhar com requeijão veio mesmo de experiências (divinais, para o tipo de serviço esperado) anteriores na Go Natural, mas o resultado foi tão bom, tão bom, que a minha moda ficou. Entretanto, este fim-de-semana, aqui na terrinha dos meus pais, comprei grão médio — que, ironicamente, não andava a conseguir encontrar em Oeiras —, e fiz esta delícia para eles e para o meu namorado (criatura perfeita, já agora). E, como modestamente já esperava, foi um sucesso tal que, apesar da simplicidade, a partilho aqui hoje convosco!

E, claro, Nota-de-Saúde-da-Luísa: O couscous é um prato óptimo, muito saboroso e extremamente saciante: além de que, dependendo da preparação, pode ser altamente saudável. É o caso deste exemplo. Experimentem, e convertam-se!

FICHA TÉCNICA

  • Tempo: 45 min.
  • Dificuldade: Média-baixa.
  • Porções: 4 doses.
  • Calorias (total): 1500 kcal (sem requeijão).
  • Calorias (1 dose): 375 kcal (sem requeijão).

INGREDIENTES

  • 300g de couscous (grão médio);
  • 4 cenouras pequenas;
  • 1 pimento vermelho;
  • 1/2 beringela média;
  • 1/2 curgete média;
  • 100g de cogumelos frescos laminados;
  • 2 colheres de sopa de azeite;
  • Água q.b.;
  • Folhas de hortelã q.b.;
  • Sal q.b.;
  • Pimenta q.b.;
  • Tomates cereja q.b. (opcional);
  • Requeijão q.b. (opcional).

PREPARAÇÃO

  1. Picar as cenouras, o pimento, a beringela, a curgete e os cogumelos e reservar.
  2. Colocar o couscous num recipiente médio. Num tacho à parte, levar ao lume um volume de água semelhante ao de couscous com sal e algumas folhas de hortelã. Quando ferver, verter sobre o couscous, misturar, e tapar muito bem o recipiente com uma tampa (ou, em improviso, com um prato grande) e um pano. Aguardar exactamente 3 min enquanto coze. Destapar, soltar bem os grãos com um garfo e reservar.
  3. Levar ao lume um wok, frigideira ou tacho regado com uma colher de sopa de azeite e saltear os legumes picados até perderem a água e amolecerem. Temperar com algum sal, mexer um pouco, retirar do lume e envolver no couscous.
  4. Numa pequena taça à parte, preparar uma mistura com uma colher de sopa de azeite, algumas folhas de hortelã picadas, e sal e pimenta a gosto. Envolver a mistura no couscous.
  5. Servir morno ou frio, decorado com tomates cereja e opcionalmente polvilhado com requeijão.

O meu pai, que é um carnívoro veterano auto-assumido, rendeu-se completamente a este prato (perdi a conta às repetições, e ao tempo que esteve à mesa). Da minha parte, era capaz de comer isto todos os dias. E vocês?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s